O ex-deputado federal, Jean Wyllys, deixou o PSOL e se filiou ao PT, no final de maio. A filiação, um ato online com a presença dos principais líderes petistas, entre eles os ex-presidentes Lula e Dilma, deixou no ar a questão sobre um possível retorno de Wyllys ao parlamento nacional.

O jornalista e escritor, que deixou o mandato em 2019 por conta de graves ameaças, garante que apenas um pedido especial o faria voltar a disputar uma nova eleição: “A minha candidatura, ela só vai existir, e no último caso, se for uma questão estratégica, uma questão estratégica pensada, inclusive pelo Lula”.