Os altos índices de informalidade e ausência de direitos trabalhistas que atingem os trabalhadores em todo o mundo, com destaque para o Brasil, não são resultados da pandemia da covid-19. Segundo o sociólogo Ricardo Antunes, as graves consequências do novo coronavírus, são na verdade, resultado da combinação letal entre a crise estrutural do capitalismo, que destrói sistematicamente a legislação social protetora do trabalho, e uma crise sociopolítica sem precedentes. Confira a conversa desta semana do Brasil de Fato Entrevista com Ricardo Antunes.