O jornalista Ayrton Centeno neste podcast fala sobre a luta das mulheres e a memória de Marielle Franco, assassinada há dois anos no Rio de Janeiro. “Quando as balas continuam voando à procura de carne fresca para saciar sua fome, vale lembrar as que voaram antes devorando as vidas de mulheres que, a exemplo de Marielle, afrontaram a injustiça e desafiaram o poder da força bruta”.

Fechar Menu