Marques Casara, em sua Coluna BdF desta semana, fala sobre amor, ódio, fé, religião, história e liberdade de expressão. A partir do atentado contra o Porta dos Fundos, motivado pelo ódio contra a representação de um Jesus homossexual, Marques retoma histórias e conceitos e conclui: “Ódio é medo do amor. Amor é a cura do ódio”.

Fechar Menu